terça-feira, março 15, 2011

O mundo está colorido? Para eu continua preto e branco.


Vou dar Pitaco por Marcelo Peixoto

Olá leitores do Muito Massa,

no post de hoje Vou dar Pitaco nessa bandinha que inferniza nossas mentes com músicas melosas, sem conteúdo e vestes coloridas. Caso haja dúvida de quem estou falando faça o seguinte: entre no Oráculo (Google) e digite banda lixo, coloridos ou happy rock, você verá que o nome Restart estará ligado a alguma dessas pesquisas.

bandares

P - Mas Marcelo, porque você está falando deles sendo que todo mundo já fez isso?

R - Todos menos eu. Deu vontade de expressar minha opinião e não há quem me impeça.

P - Marcelo, você já escutou Restart? Certeza que sabe cantar alguma música deles!

R - Já escutei e sei cantar. Um dos ensinamentos do livro A Arte da Guerra – Sun Tzu – diz que devemos conhecer nossos inimigos.

Chega de perguntas e respostas! Vou apresentar um pedaço da biografia da Restart de acordo com site de letras Vagalume.

“Pe Lu (voz e guitarra), Pe Lanza (voz e baixo), Koba (voz e guitarra) e Thominhas (bateria e synth) mostram o Happy Rock (termo criado pelos próprios para definir o som da banda), que só o Restart sabe fazer.”

Que nomes são esses? E a definição do estilo musical Happy Rock? Isso significa o que, Rock Feliz? Se é Rock Feliz então é Rock Gay.

Eles tocam músicas dramáticas que falam de amor, amor e amor. Choram bastante como se o mundo fosse feito somente de lamentações e nada mais. Essas músicas agradam muito aos emos, que são pessoas que se adaptam muito bem às características citadas acima, que gostam desse estilo musical, alisam o cabelo, franja na testa e com cortes desiguais, não podendo esquecer das roupas coladas e coloridas. As calças coloridas estilo Tiririca são apenas detalhe de um visual que lembra muito os Teletubbies.

Apresento agora um trecho da música Vou Cantar que fez “sucesso” nas rádios de todo o país:

“Vou cantar, até você ouvir

Aquele verso que eu fiz para você sorrir”

Pelo amor de Deus! Quem é a musa inspiradora dessa canção? Escuta logo esse verso, quem sabe assim eles param de cantar!

A minha revolta é que comparam esse estilo musical e toda essa cultura com o rock. O rock não é assim e vai muito mais além do que roupas coloridas e músicas melosas. O rock é cultura e deve ser celebrado.

Para finalizar, acredito que tudo isso é passageiro e que os momentos ruins passam. Não desejo mal a eles, desejo que parem de cantar e perpetuar essa espécie de cultura entre os jovens. Mudam de estilo, sejam felizes e façam uma nação feliz.

Pra mim o mundo continua preto e branco!

Espero que não seja agredido ou linchado nas ruas após este post. Se gostou ou não desse artigo deixe seu comentário abaixo, esse é o espaço que você tem para se comunicar e expressar sua opinião.

Abraços e até a próxima semana.

Compartilhar

3 comentários

Bruna Siqueira. on 17 de março de 2011 21:08 disse...

concordo plenamente! haha
é como dizem, os emos evoluem com a TV: antigamente, eram preto e branco, expressavam o rock pesado e hoje em dia são coloridos e só passam coisas meolosas.

Marcelo Peixoto on 18 de março de 2011 21:57 disse...

Bruna se as coisas "evoluíram" pra isso, o que podemos esperar do futuro? Ótimo comentário o seu. Abraços

Anônimo disse...

Naadaa a ver , eles são otimos isso se chama "inveja"

Postar um comentário

Faça um comentário e deixe um blogueiro feliz!

Link-me

Ocorreu um erro neste gadget

Info

 
Copyright © 2007-2010 Muito Massa : Design by Bob Smith : Termos de Uso