terça-feira, março 22, 2011

Obama no Brasil


Vou dar Pitaco por Marcelo Peixoto

Olá leitores do Muito Massa,

O final de semana passou e pra quem não viu ou estava em outro planeta, o presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, esteve presente nas terras tupiniquins. Trouxe a esposa, as filhas, o gato, o cachorro e “alguns” seguranças caso necessite de proteção. O que veio fazer o mandatário americano no Rio de Janeiro? Quais as suas reais intenções? Vou dar Pitaco!

clip_image002

Obama chegou ao sábado com sua comitiva em Brasília. Foi com o objetivo de conversar com a presidente Dilma Rousseff que fez as honras de anfitriã. Como uma boa senhora, recebeu muito bem os seus convidados que foram bajulados a todo o momento. Na conversa que tiveram, intenções não faltaram de ambas as partes. Dilma deve ter pedido alguns conselhos de como invadir favelas, matar alguns civis e colocar a culpa em algum traficante qualquer. Da mesma maneira que os EUA fizeram no Iraque, só que a culpa ficou sobre o Saddam Hussein. Obama veio querendo saber a fórmula de ser tão popular quanto Lula foi. Além disso, devem ter comentado sobre assuntos do momento no Brasil como carnaval, Luan Santana, Sílvio Santos, as chuvas, quem fica com o Brasileirão e o final da novela das sete.

O tour feito pela família norte-americana no Rio de Janeiro compreendeu uma visita na favela Cidade de Deus onde a primeira dama faltou cair da cadeira com susto que levou após ver uma apresentação de capoeira. Obama muito carismático arriscou umas embaixadas com uma bola de futebol, tentativa inútil, americanos não sabem jogar bola. Para completar o passeio eles foram ver uma apresentação da escola de samba Tijuca, claro que eles não iriam sair do país sem presenciar o carnaval, mulatas semi-nuas, batuques e fantasias. Ao final da noite de domingo ainda foram no Cristo Redentor com direito a exclusividade.

O que chamou a atenção foi o discurso no domingo feito pelo presidente. Achei que foi o momento mais engraçado do dia, até mesmo do que as vídeo-cassetadas do Faustão. Num tom muito amigável ele abriu o discurso falando algumas palavras em português carregado de sotaque. Ele cumprimentou toda a plateia que estava no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e disse “Alô, cidade maravilhosa” como se estivesse em uma ligação telefônica de Washington para o Rio. Outro momento cômico foi quando ele agradeceu a presença dos espectadores sabendo que logo após teria um jogo de futebol “muito importante”, Vasco contra Botafogo. Coitado, foi vaiado por muitos que deveriam ser Flamenguistas. Disse que sua mãe tinha mostrado um filme do Brasil a ele quando era criança. Será que foi o filme que a Xuxa fez no início de sua carreira? Aquele que ela faz amor com um adolescente de 12 anos. Ah lembrei, chama Amor Estranho Amor. Ótima lembrança do Brasil. E assim continuou seu discurso falando pouco de política, das Olimpíadas (essa parte ele demostrou um desgosto, pois o Rio tomou a vaga de Chicago, deve ter jogado uma praga pra cima de nós) e puxou saco da atual presidente e do Lula. Finalizou agradecendo a todos, sempre muito simpático.

Enfim, suas intenções verdadeiras deveriam ser o controle da Amazônia, a tomada dos lucros do Pré-sal, patentear a Bossa Nova e os livros do Paulo Coelho como norte-americanos.

Eles vão embora e levam consigo a imagem de que o Brasil se resume ao Rio de Janeiro. Que o nosso país só tem o Cristo Redentor e a praia de Copacabana como pontos turísticos. Que o ano todo tem carnaval, caipirinha e samba. Além das belezas naturais o país é cercado por favelas que servem de cenários para as filmagens de Tropa de Elite. E que os brasileiros não fazem mais nada no domingo além de assistir futebol.

Recado ao Obama:

Agradeço a sua visita! Não pude comparecer com a minha família ao seu discurso, pois era domingo, tinha futebol. Favor não interromper na hora em que estiver assistindo Madagascar. Sei que a imagem do Brasil no exterior sempre será essa, mas espero que a sua passagem pelo país possa estreitar os laços entre as duas nações e traga resultados para nossa economia.

Abraço e volte sempre.

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Faça um comentário e deixe um blogueiro feliz!

Link-me

Ocorreu um erro neste gadget

Info

 
Copyright © 2007-2010 Muito Massa : Design by Bob Smith : Termos de Uso