quinta-feira, fevereiro 18, 2010

Enem: Só acertar as mais difíceis, simples assim.


Pense Diferente por Karla Lorena

 233533-4b66ca575ad53

 

Este texto é para quem passou no ENEM, e para quem não passou no ENEM, e para as pessoas que querem ler mesmo assim. Achei super interessante para os leitores de plantão. Enem “the secret”, pra vocês.

 

 Entenda o critério de avaliação do ENEM

O exame foi elaborado de acordo com um método - a Teoria de Resposta ao Item (TRI) - que permite identificar os acertos aleatórios feitos pelo participante. Com isso, o cálculo da nota final do aluno não levará em conta apenas o número de acertos feitos, mas o grau de dificuldade das questões acertadas. As que forem "chutadas" terão peso menor, que será calculado com base no padrão de respostas de cada aluno.
O sistema anti-chute permite saber o perfil de quem acerta mais as questões fáceis, as questões difíceis e as questões intermediárias. Se o aluno "fugir" do seu padrão de respostas, o sistema poderá entender que ele "chutou".

O sistema anti-chute do Enem
Nível
As questões do Enem foram divididas de acordo com o nível de dificuldade. A prova terá 25% de questões fáceis, 50% intermediárias e 25% difíceis
TRI
A metodologia utilizada na elaboração do exame é a Teoria de Resposta ao Item (TRI), que garante a comparabilidade das notas a partir da calibração do grau de dificuldade das questões. Ou seja, a nota do aluno não será calculada de acordo com o número de acertos, mas de acordo com a pontuação obtida em cada questão
Chute
A TRI permite identificar o perfil do aluno que acerta mais as respostas fáceis, as intermediárias e as difíceis. O sistema anti-chute consiste em detectar respostas fora do padrão. Dentro desse método, quem erra as questões simples não conseguirá acertar as complexas. Se o aluno foge desse padrão de respostas, é porque está "chutando"
Coerência
Os acertos do aluno, portanto, deverão ter coerência. A melhor saída será conseguir um índice de acertos equilibrados e que estejam de acordo com o padrão de respostas do aluno
Menos pontos
O peso atribuído ao acerto no chute será inferior à pontuação de quem responder a questão de modo correto por dominar o assunto
Teste
As 180 questões do novo Enem estão sendo testadas e serão escolhidas entre milhares de questões possíveis. Com isso, ficarão para trás as que são consideradas difíceis mas que podem ser resolvidas por alunos de alto e baixo desempenho, por exemplo
Alunos
Cada pergunta está sendo testada com, pelo menos, 1.200 alunos do 2º ano do ensino médio e do 1º ano do ensino superior. Os alunos do 3º ano do ensino médio não participam do teste para que não haja risco deles encontrarem a mesma questão no exame

 

 

 

Bom, já deu para ver que o negócio é estudar mesmo. Ou se você é daqueles que chuta e faz mais gols que o Barcelona, e até mandou seu vídeo para o “Bola cheia” do “Domingão do Faustão”, já sabe que as questões difíceis ta na moda.

Mas em todo caso, vamos estudar para garantir né!

 

Se não for muito massa, Pense diferente!

Compartilhar

3 comentários

hindra on 25 de outubro de 2011 01:29 disse...

Esse enem se parar pra pensar é uma fraude...pq quem estuda ou estudou em escola pública de péssima qualidade tem q concorrer com outros que estudam em escolas pagas ou que tem condições de fazerem cursos preparatórios e eles ainda querem descontar nota de quem chuta...pô...é brincadeira isso.:(

Anônimo disse...

hindra...vc está apoiada...tbm ñ entendo essemétodo, sendo que existem escolas com péssimas qualidades de ensino (públicas estaduais) e se comparadas com outras de altíssimo padrão, acabam por terem uma grande desvantagem.
Sem falam que estudantes por ai viram o ano em cursinhos preparatório etc...
E quem ñ tem condição para fazer isso? (eis a dúvida).

... on 7 de novembro de 2012 06:23 disse...

Todo mundo sabe que o ensino publico é péssimo, se o aluno quer realmente estar antenado em todos os assusto , vai depender dele, só dele, ae que entra o cursinho preparatório pros filhos de mamãe. Revoltante porque rico que tem dinheiro pra pagar não banca a faculdade, entra com bolsa, e pobre que não consegue pagar a mensalidade do cursinho, tem que se virar e estudar em casa, injusto comparar alguém que tem acesso ao professor, o pobre acaba entrando na facul com desconto, é revoltante.

Postar um comentário

Faça um comentário e deixe um blogueiro feliz!

Link-me

Ocorreu um erro neste gadget

Info

 
Copyright © 2007-2010 Muito Massa : Design by Bob Smith : Termos de Uso